Introdução

                                             

 

Amaz√īnia gera um interesse crescente no meio da pesca esportiva. Cada vez mais "mosqueiros" ou "flyzeiros" * norte americanos e mais recentemente europeus viajam pelos estados Amaz√īnicos √† procura de novas emo√ß√Ķes. Se a pesca com mosca na Am√©rica subtropical ainda esta no inicio, √© claro que a modalidade vai se desenvolver rapidamente e virar uma grande t√©cnica do futuro. Mas, no entanto, falta de mentores locais, os alguns aficionados da mosca s√£o obrigados a inspirar-se largamente da escola norte-americana, ao ponto de raramente utilizar outro gen√©rico  que " flyfishing" para nomear esta t√©cnica, sem que seja realmente empregada a tradu√ß√£o literal.

Mas, j√° podemos apostar e desejar que logo vai emergir destas influencias uma escola amaz√īnica independente.

                 tucunar√© a√ßu do rio Nhamunda

No contexto amaz√īnico, quando evoca-se o conceito de pesca com mosca, obrigatoriamente  fazemos abstra√ß√£o de qualquer evoca√ß√£o entomol√≥gica da disciplina, tanto as oportunidades de pesca com mosca flutuante tradicional pertencem √† exce√ß√£o, para n√£o falar de anedota pura e simples, e aparecem t√£o raras que n√£o poderiam servir de fundamento para uma t√©cnica provada e governada por regras constantes e imut√°veis

Na selva, a natureza √© generosa, e isso em todas as manifesta√ß√Ķes, sejam de ordem floral ou faunistico. O reino dos insetos n√£o √© esquecido, e estas remotas regi√Ķes da Am√©rica do Sul permanecem um para√≠so para o entomologista. As eclos√Ķes suscept√≠veis de interessar os emulados de Halford**, s√£o extremamente abundantes. H√° milhares de esp√©cies de tricopteros, efem√©ridas, sialis, e mesmo ao anoitecer verdadeiros tapetes de imagos mortes na superf√≠cie dos rios e lagos. Mas tamb√©m  gafanhotos, grilos e para fechar este invent√°rio n√£o-exaustivo,  besouros entre os  maiores do planeta.

Numa palavra, encontre-se na Am√©rica tropical tudo o que estaria, segundo as normas dos pa√≠ses temperados, capaz de atrair para a superf√≠cie todo um mundo aqu√°tico, que por obscuras raz√Ķes que tem sem duvida as suas respostas na etologia comparada, parece  provar uma propens√£o alimentar extremamente limitada para os insetos

               

S√≥ alguns peixinhos cujo tamanho n√£o deve exceder este dum lambari, e que apresentam  um interesse esportivo menor, parecem subir realmente e regularmente sobre verdadeiras eclos√Ķes de pequenos ephem√©ridas e chironomidades ao anoitecer. Tamb√©m n√£o iremos at√© afirmar que um gordo besouro ca√≠do acidentalmente na agua n√£o ser√° engolido por um predador. Mas, o tamanho destes insetos √© tal que √© dif√≠cil imaginar outra coisa do que um popper marinho como sendo suscept√≠vel de constituir uma imita√ß√£o ou pelo menos uma poss√≠vel figura√ß√£o deles.

E, excepto ignor√Ęncia ou defeito de conhecimento de nossa parte, o que n√£o estaria exclu√≠do, considerando a imensidade dum meio onde  ainda quase tudo tem que ser descoberto, parece certo que o " mosqueiro" apenas desembarcado das regi√Ķes temperadas do planeta, deve ter a humildade de esquecer a quase-totalidade da sua experi√™ncia passada, e conservar unicamente alguns elementos fundamentais como a base do arremesso, que embora imut√°vel seja sujeita a adapta√ß√£o circunstancial ou ainda as suas algumas tentativas com streamers sobre  black-bass ou salmonideos em aguas correntes e paradas.

Este site √© dedicado como o seu nome o indica inicialmente √†s pescas com mosca amaz√īnicas. Mas sobre este gen√©rico √© necess√°rio entender pesca nas florestas das chuvas, mas tamb√©m nos mangais que por defini√ß√£o tamb√©m s√£o selvas situadas nas mesmas regi√Ķes do planeta, e que abrigam varias esp√©cies de peixes de grande interesse para os apaixonados que somos.

 

* mosqueiro, " flyzeiro" : neste site, usaremos destas palavras de prefer√™ncia a " flyfisherman"

** Frederic Halford: famoso pescador com mosca ingl√™s do XIX s√©culo. Ele foi o primeiro a ligar a entomologia √† pesca com mosca.

 

 

 

 


 

Page lue en 0,0240 seconde (5/0)